• Title: Orin
  • Author: Manuel Alves
  • ISBN: 9781301789955
  • Page: 196
  • Format: ebook
  • Orin Conto gratuito No In cio existia apenas uma vontade Essa vontade n o tinha desejos pois n o havia nada para desejar Para essa vontade todo o conhecimento era imediato e limitado sua pr pria exist n
    Conto gratuito.No In cio, existia apenas uma vontade Essa vontade n o tinha desejos, pois n o havia nada para desejar Para essa vontade, todo o conhecimento era imediato e limitado sua pr pria exist ncia A vontade existia numa plenitude despreocupada Tudo mudou com um simples pestanejar smashwords books view

    One Reply to “Orin”

    1. As características míticas das pataniscasA ler*Manuel Alves, com a naturalidade de todas as coisas naturais, apresenta-nos a intuição feminina associada à sabedoria inesgotável completamente falível… E depois, com ironia e sarcasmo, diz que a mulher é perfeita. Ou melhor, a sua única imperfeição é a necessidade do homem. A imperfeição de uma coisa perfeita é sempre exterior à sua forma!É claro que se isto fosse escrito por outra pessoa qualquer levava já com uma estrela em ci [...]

    2. Orin foi a minha primeira aventura ao universo dos contos do autor. É uma viagem bem humorada à Origem, que fica ali entre o Génesis e o Big Bang. Pelo caminho, apreciei a beleza das curvas e contracurvas da criação da Linguagem e do Género e as magníficas construções de jogos de palavras, com traços arquitetónicos de Babel e Lego.Orin é um hino à Vida, à Feminilidade e à Dualidade do Universo (com uma ou outra estrofe gastronómica). Sarcástico, pateta e enternecedoramente refre [...]

    3. Eu aprecio muito o discurso mítico, e acho que o autor teve um bom início, parecendo dominar o tipo de narrativa. Porém, à medida que o texto avança, perde a beleza, a doçura que possuía inicialmente, relegando para a estupidez, como o próprio autor a determinada altura admite. De facto, falar de "pataniscas" num texto com características míticas não é lá grande ideia. Também não apreciei a criação do homem, destruição do homem, criação da mulher (mais perfeita que o homem), [...]

    4. The Creator - his designs, which created - animals, humans, material and immaterial things, all that could be created.Here's what Manuel Alves portrays in this humorous story and full of adventures, where the narrator is the main character and the other characters, whether living beings or not, are the secondary characters. Final Rating: 4 stars.Increasingly, I give more attention to electronic books, but, by now, is no priority of mine.z

    5. Neste conto, o autor "brinca" com a noção que todos nós recebemos culturalmente da criação do mundo, das coisas, da linguagem, do homem e da mulher. Um texto bem humorado e que coloca uma divindade, Orin, que seria o criador das coisas e do mundo, a pensar sobre as palavras, descobrir os sentimentos e sensações, como se fosse uma criança a descobrir a vida. Aliás, no começo do conto, Orin ouve a voz d'O Fim, que lhe diz que ele é uma criança, que não conhece as coisas nem as palavra [...]

    6. Apesar da escrita fluída, que facilita a leitura do texto, o mesmo não conseguiu cativar-me. Se ao princípio se aparentou interessante, na verdade acabou por tornar-se algo aborrecido e repetitivo. Para além disso, ser-me-ia difícil gostar de um trabalho em que a personagem principal está imbuída de preconceito. Não é o tipo de sentimento que crie empatia com o leitor.

    7. Obrigada ao autor pelo livro grátis! Este é o ano para ler coisas escritas em português, logo, veio mesmo a calhar.Uma história de um deus preocupado com pataniscas. Ocasionalmente engraçado, mas também reflexivo q.b. Vale a pena se gosta de refletir sobre as aprendizagens.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *